segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Garfo

O garfo caiu. A mulher chique não se permitiria abaixar para pegá-lo. Nunca.
Chamou o garçom, ele não veio. Chamou o maitre, não foi ouvida.
A faca caiu. E a comida ainda não veio. Nem a champanha.
Onde estão todos, esse restaurante é o pior que já estive. Quero imediatamente falar com o gerente dessa espelunca.
...
A enfermeira entrou e logo injetou o calmante. A paciente número cinco se agitou muito. Anotou no prontuário e achou melhor chamar o doutor.
...
De repente, o restaurante sumiu e apareceram a agulha, o calmante, a enfermeira.
O hospício.

(História proposta por Jeanne e Graciele a partir da palavra "garfo", no dia 19/11/2010)

Nenhum comentário: