terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Hipótese Sapir-Whorf

Determinismo Linguístico

Teoria: Segundo esta, a estrutura de uma língua determinaria o pensamento de seu falante. "Nós estamos em todo o nosso pensamento e para sempre, à mercê da língua determinada que se tornou o meio de expressão para a sociedade."

Refutação: Se numa língua não existe a palavra que determine a cor azul, não quer dizer que se o falante ver a cor não vá reconhecê-la.

Relativismo Linguístico

Teoria: "As categorias codificadas  por um sistema linguístico são exclusivas daquele sistema e incomparáveis a de outro sistema." Seguindo este raciocínio, as línguas seriam intraduzíveis e não haveria universais linguísticos.

Refutação: Há a possibilidade de tradução de uma língua para a outra. O que não existe é o chamado "isomorfismo linguístico", que diz que uma língua T pode ser igual a outra língua Q. Existem sim, formas diferentes de analisar os conceitos de cada língua e, que se forem muito diversos, pode não haver correspondência.

Aviso: Aqui não está a verdade universal. Leia e estude o que leu. Não aceite tudo de primeira, ok? Se discordar, ótimo, aqui embaixo tem um espaço só pra você comentar. Se concordar também.

Nenhum comentário: