quarta-feira, 16 de março de 2011

Nublado

Voa uma borboleta da Líbia
sobre as pirâmides de Gizé.
"Que lindeza!"
ela pensa
e a Esfinge lhe sorri, sorri, sorri
sem nariz.


Ordem canônica
Determinante + Núcleo do sintagma + Qualificador
Exemplo: A chuva ácida
Ordem não-canônica
Determinante + Qualificador + Núcleo do sintagma
Exemplo: Os belos olhos

Estou com sono
Porém, escrevo.
Finjo ler algo do lado de fora de mim
que não sejam meus pensamentos
minha angústia é o Murmúrio de Eichendorff
estou ficando obcecada
Hölderlin
Borchardt
Adorno
Por onde começo a história?

O pensamento quer explicar a imediatidade, porém é mediado
e assim (tenta) explica o imediado pelo mediado.




O ensaio tem a tendência crítica de confrontar, abalar e meditar sobre os textos.


Meyer: linguagem não é o veículo, mas o meio de exposição da poesia. Percebemos o teor poético não em imagens sensíveis, mas sim na própria linguagem.

Ich
habe
nichts
ais
Rauschen

(Borchardt)

O murmúrio não é som
é ruído
mais próximo da
linguagem
do que o
som.
Adorno, Adorno, Adorno
em memória de Eichendorff.

Por mais idiota que pareça
quando eu li sobre Valéry
no ensaio do Adorno
fiquei cantando mentalmente
Valerie
na voz da Amy Winehouse.


Vou deixar de papo.
Vou deixar só um adeus
e basta.

5 comentários:

Fernando Vieira disse...

Amy Winehouse é fantástica!

Abçs!

Mariana Belize disse...

Sem dúvida!!!
É minha artista favorita, acho a voz dela encantadora.

Naaman disse...

Bela sacada, Valéry, Adorno, Valerie, Amy.
Você viu o poema do Walt Whitman que eu postei no Facebook prá D.Carmen? Caraca, eu conhecia o poema, não sabia de quem era, ou não lembrava, e aí, de repente, vi uma tradução no site Vermelho do PCB. Daí o Google me ajudou a encontrar o original. Dá uma olhada. Vale a pena. Se não entender muito bem, te mando a tradução. Mas, bonito mesmo, é a sonoridade do poema em inglês. Alguém já disse que poesia não tem tradução. Então, o melhor mesmo é ler no original e ver a tradução apenas como uma idéia do que o poeta quis dizer. Beijão.

Mariana Belize disse...

Bela sacada, pai? rsrsrsrsrsrsrs
Isso porque eu estava com sono...se eu tivesse bem desperta o que teria sido? Que tal um saque "jornada nas estrelas"?

Beijos!
Mari

Naaman disse...

Não esquece que, segundo a lenda, Isaac Newton estava cochilando, quando a maçã caiu na cabeça dele e, aaaaiiii, ele sacou a Lei da Gravidade, certo? Beijão.