terça-feira, 12 de abril de 2011

Borboletas filosóficas

Uma borboleta pintada no meio das outras
Voa igual sua natureza permite.
Mas, se as outras vão para a direita,
ela vai para a esquerda.

Borboleta escura, que veio de uma lagarta
Igual a todas as outras, comendo folhas
Iguais a todas as outras, de árvores
Iguais a todas as outras.

Mas, a borboleta escura sempre voava
Ao contrário, em oposição a todas as outras.
E as borboletas claras se achavam certas.

Voem borboletas, só voem.
Escuras ou claras, voem.
Não quero mais saber de filosofias!

Nenhum comentário: