quarta-feira, 27 de abril de 2011

Esconderijo

No meio do barulho das vozes, me escondo.
Estou invisível, mas não intangível.
Tento sumir. As vozes me invadem com suas conversas frias.
Dor de cabeça, sono, cansaço mental, fadiga total.
Agora, só quero parar de pensar...
..............................................................................................
E eu espero sofrendo, pedindo, exigindo que algo aconteça dentro do meu silêncio.
E as vozes ecoam, no meu vazio pálido, ditando comportamentos, delicadezas, honrarias, padrões
caminhos.
Não quero mais.
Canso-me rápido do que digo, mais rápido ainda do que sinto!
E sonho, loucamente, com a solidão absoluta e perdida do mundo.
Estrangeira em minha própria poesia, não traduzo o que sinto porque não o sei...
Sonho com olhos que me compreendam, que não julguem meu mundo com olhos moralistas:
olhos desse mundo de gente louca, gente doente!
Sonhei com os teus, um dia, mas me enganei. Não ligo. Enganar-se é uma condição humana.
Agora, só tenho teu silêncio e tua ausência. Não ligo. Também só tenho isso de mim. Não posso cobrar de você algo que não tenho nem de mim.
Perdi tuas palavras, teu acalanto, teu olhar...tudo porque disse que te amei...e nem era um amor tão forte assim, tão bonito, nem tão resistente.
O Outro é meu ópio.
Fujo da sociedade, me imiscuindo nas conversas alheias. Diluo-me nas tuas roupas, nos teus cabelos, nas tuas palavras, na tua ausência.
Estou invisível. E me escondendo mesmo com tudo.

8 comentários:

Naaman disse...

Não consigo desligar...

"minúsculo detalhe

descendo as escadas
pensando na vida
tropecei no próprio pé esquerdo
derrubei a vida toda
desmontei o pensamento"

Beijão. Te amo.

Ella disse...

Preciso comentar dessa frase que "abre" seu blog: "Toda vez que falta luz o invisível nos salta aos olhos" Amo (!), assim como "Somos suspeitos de um crime perfeito, mas crimes perfeitos nao deixam suspeitos"
Ahm... Só para me identificar, sou a Stella do 1º período que a Valéria falou... Não sei se vc lembra. Estou seguindo aqui agora. Bjao

Mariana Belize disse...

Pai, vc gostou mesmo dessa coisinha, hein?

rsrsrsrsrs

Mariana Belize disse...

Olá, querida!
Claaaro que lembro de vc!!!
Visite-me sempre! e comente!

Valeu pelo apoio aqui.
Um abraço!

Naaman disse...

Coisinha, filha. Lembre-se: "Os melhores perfumes estão nos menores frascos".
Vou ficar com essa "coisinha" pra mim...
Seria meu epitáfio. Pronto!
Se eu ligasse pra isso...

Mariana Belize disse...

Epitáfio, pai? Não pensa nisso, ok?

Admira-me que tenha gostado tanto. Mas é bom, às vezes, eu escrevo tanto que me perco no meio de tudo ou só fico me repetindo, me repetindo, me repetindo...aí acho tudo chato.

Um beijo.

Naaman disse...

Pois é...
Bom, não sei porque, mas realmente mexeu comigo...
Deve ter sido mensagem telepática... duuuuuuuuuu

Mariana Belize disse...

duuuuuuuuuuuuuu


rsrsrsrsrsrsrsrs