quarta-feira, 1 de junho de 2011

Histórias que não existem

Sou apenas uma garotinha sentada na porta
desenhando seu mundo com lápis de cor...
Sou apenas uma garotinha sentada na porta
esperando um resgate.
Sou apenas uma garotinha sentada na porta
e que já desistiu de chorar. Agora sonha.
Sou apenas uma garotinha sentada na porta
desprezada.
Sou apenas uma garotinha
sentada na porta...trancada
de um quarto sem porta.
Sou apenas uma garotinha sem começo nem
fim.

3 comentários:

Alexandra Moraes disse...

Garotinha linda!!!!


Adorei!!

Naaman disse...

Minha Neni!

Mariana Valle disse...

Faz um tempo que eu não passo por aqui...
Belo poema!