segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Desautocontrole

Não descanso. Meu cérebro está sempre partindo pensamentos ao meio.
Não, eu não descanso. Meu cérebro está sempre partindo ideias pela metade.
Não durmo.

Meu corpo dói. Minha cabeça gira.
Não...isso não é poesia.

Estou sem cabeça, como a Deusa do Fogo.
E é somente fogo que vive dentro de mim.

Não descanso... meu cérebro está sempre entre mil mitologias...
Não durmo... meu corpo não descansa.

Nada de poesia.
Nada de poesia.
Nada de poesia.

Nenhum comentário: