quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Álvaro

nada aqui é poema
faço blog de divã sim
aqui me deito
me estico
nos pixels me acarinhando
conto tudo

menos teu nome

Nenhum comentário: