terça-feira, 1 de setembro de 2015

húmus

tudo que na noite
assombra
tudo que no dia
estremece
é chama viva
de verso
é trança fina
de rima
é doce cria
da Poesia.
/belize/

Nenhum comentário: