segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Cantiga

o silêncio acalmou-se
depois da rosa recebida.
e a madrugada fria
cantarolou minha vida
diante da lua...
diante da lua...
diante da lua...

Nenhum comentário: