sábado, 3 de outubro de 2015

eu falo
e coloco aqui de qualquer jeito
penso
e nunca é o que
falo
pisoteio as palavras com a fúria de um estivador
penso calmamente com as borboletas adnominais
tudo que é gramática me sujeita
e fico quieta estudando
as regras do jogo dessa sedução
estranha

vou pra outro canto
divisória irmã da escrita
e só o silêncio me
grita.

Nenhum comentário: