sexta-feira, 9 de outubro de 2015

papoula brava

sobrevivente
olhei à volta
e, no desespero,
descobri:
teu olho mirava
a papoula brava
da minha mentira.

Nenhum comentário: