quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

ad hoc

vou esgotar meu sobrenome
até esquecer

vou esgotar o amor
pulando da ponte


esgotada, sim
terei descanso?

não.
nem me sobrará
(quem sabe?)
um verso.