segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Mulher

no teu olho direito
repousa Hamlet
no teu olho esquerdo
calado, um Kafka

o que será de mim
se nunca fui príncipe
nem inseto
nessa lida de te entender?