segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Verão

temporal
da tua presença

dura doze minutos
cravados

e logo se vai.