quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Segredos

a tarde guarda a semente
do silêncio
os apressados pássaros
neuróticos engolem
o Tempo
sem mastigar.

Sementes do tempo
em calma agonia...
transbordam o sol
da garganta
e o dia, calado,
guarda suas pedras

nos bolsos das nuvens.