quinta-feira, 3 de março de 2016

Eco

fico ouvindo tudo que não te pertence
mas que tem dedo teu
no meio

e te encontro transcrito
em algum som
sintético.