sexta-feira, 3 de junho de 2016

Ridícula

sou poeta
do tempo que foi

escondi no armário
pena, tinta e pergaminho

toda envergonhada
do meu romantismo
demodé.

Mariana Belize