sexta-feira, 18 de novembro de 2016

estamos crus
no mundo,
somos nus
do Outro.
Encara o eu
tremendo...
o espelho se debate
em espanto, fúria
e silêncio:
quer sair do reflexo.
Mariana Belize

Nenhum comentário: