sexta-feira, 18 de novembro de 2016

nada é meu
plenamente
o vento traz o destino
e eu traço
levemente
a garantia
no entanto
não é a eterna
alegria.
é o desmonte do encanto
é a perseguição
é a descrença, a traição...
quando, de dentro da
noite, brotar do submundo
mais uma fogueira...
Mariana Belize

Nenhum comentário: