quinta-feira, 29 de junho de 2017

Louça suja

Para Raphael
Hoje você veio, sentou-se aqui
com o violão ao lado, rindo...
e nós cantamos algo bem brega
e vimos a lua.

As fogueiras de São Pedro 
anunciam alguma coisa sobre nós?
As chaves do meu peito
tuas... as rosas nos aveludando...

As portas do céu... o mar...
os teus olhos e a música
verde-esmeralda... rastros escarlates
sinestesia de beijos.

Abraços longos, viagens futuras...
Os anjos.
Céu.

Juntos... para sempre.

Mariana Belize

Nenhum comentário: